Galeria » Internet

Fósseis da internet: 8 sites ridiculamente antigos que ainda funcionam

Sem atualização em duas décadas, em cores berrante e lotados de gifs, eles são um verdadeiro museu digital

Letícia Yazbek Publicado em 29/04/2019, às 14h00

None
Reprodução

1. Internet Explorer is EVIL! (1998)

Quando a Microsoft decidiu incorporar o Internet Explorer como navegador padrão do sistema e impedir que ele fosse desinstalado, o programador Nathan Lineback ficou revoltado. Como forma de protesto, criou o Internet Explorer is EVIL! A Microsoft trocou o IE pelo Edge, mas o site prossegue no ar, com direito a gifs de chamas e imagens demoníacas de Bill Gates.

Crédito: Reprodução

​2. Space Jam - Site Oficial (1996)

A Warner resolveu deixar no ar o site oficial do clássico infanto-juvenil dos anos 1990, no qual Pernalonga e amigos (incluindo Michael Jordan) enfrentam uma invasão alienígena na quadra de basquete. Conta com um plano de fundo estrelado e fontes antiquadas, e ainda dá para ver imagens, pôsteres, gifs e descrições dos personagens.

Crédito: Reprodução

3. The San Francisco FogCam (1994)

O site foi ao ar como um projeto de estudantes de Tecnologia da Universidade Estadual de São Francisco. Sempre mostrando a rua em frente ao pátio da universidade, é a webcam mais antiga ainda em funcionamento na internet.

Crédito: Reprodução


4. Klingon Language Institute (1996)

Nos primórdios da internet, os fãs de Star Trek já tinham seu espaço online. A página do Klingon Language Institute foi criada para divulgar a língua fictícia. Por lá, ainda dá para aprender o idioma, testar seus conhecimentos e até se registrar como membro oficial.

Crédito: Reprodução

5. CNN – O caso de OJ Simpson(1996)

Uma página interna da CNN, criada em 1996, não foi tirada do ar e não recebeu nenhuma atualização. É um especial sobre o julgamento de OJ Simpson, ex-jogador de futebol americano acusado de matar sua esposa e um amigo, em 1994.

Crédito: Reprodução

6. Welcome to Netscape (1994)

Navegador mais utilizado dos anos 1990, o Netscape entrou em decadência a partir de 2002. Mas o site oficial continua lá, se recusando a acreditar que ele se foi. E traz instruções, como: Clique em qualquer palavra ou frase azul ou roxa. São “hiperlinks” para outras páginas.

Crédito: Reprodução

7. Protetor de tela Johnny Castaway (1992)

Quem viu se lembra do clássico dos escritórios, dos tempos dos computadores bege: no protetor de tela, um náufrago passa por todo o tipo de aventuras sem jamais ser salvo. Apesar do visual simples e do cenário restrito, ele oferece muitas animações diferentes – todas podem ser vistas no site oficial. E a proteção ainda funciona em algumas versões do Windows, incluindo Windows 7, Windows 8/8.1 e Windows 10.

Crédito: Reprodução

8. Heaven's Gate (1997)

Crédito: Reprodução

Esta é (bem) macabra. A seita com o mesmo nome cometeu suicídio coletivo em 1997, na passagem do cometa Halle-Bopp. O líderes da seita, o casal Marshall Applewhite e Bonnie Nettles, afirmaram que uma espaçonave estava seguindo o cometa, e que ela levaria suas almas para viver entre os aliens avançados. Um único membro “ficou para trás” para cuidar da imagem da seita, conversando com a imprensa e mantendo o site. Até hoje.