A outra bomba atômica

Há exatamente 72 anos atrás, 80 mil pessoas eram removidas da vida em Nagasaki, para se tornarem uma nota de rodapé

segunda 23 outubro, 2017
Nagasaki
Nagasaki Foto:Getty Images

FOTO-HISTÓRIA


Às 11h02 de 9 de agosto de 1945, a bomba Fat Man foi lançada em direção a Nagasaki. O artefato, carregado com 6,4 quilos de plutônio-239, explodiu a 469 metros do chão. O que se seguiu foi horror puro: a cidade japonesa sumiu do mapa. A detonação provocou um calor de 3.900 graus Celsius e ventos de 1 005 km/h. 80 mil pessoas morreram. Em Hiroshima, três dias antes, o responsável por fotografar a destruição havia sido o sargento americano Bob Caron. No caso de Nagasaki, não se sabe quem fez o registro. Certo mesmo é que seu autor era um dos militares que estavam nos bombardeiros envolvidos na missão. Foi desse ângulo privilegiado que o autor clicou a nuvem de 18 quilômetros de altura. Depois desse ataque, nenhuma bomba atômica voltou a ser usada em guerras. Mas a sombra do cogumelo de Nagasaki ainda paira sobre o planeta. 

Veja mais

Clique para ampliar a imagem

AH


Leia Mais:

Receba em Casa

Vídeos

Mais Lidas

  1. 1 Crianças que nasceram como resultado do horrível programa Há 82 anos, nazistas começavam seu repugnante programa de ...
  2. 2 Os quatro milênios da Babilônia
  3. 3 Uma tempestade chamada Pagu
  4. 4 Inquisição: A fé e fogo
  5. 5 Marginália: As alucinadas ilustrações dos livros medievais