A porta do Apocalipse: Por dentro do silo nuclear

Conheça o Titan II, a primeira base subterrânea para enviar a destruição pelo espaço

Redação AH Publicado em 21/02/2017, às 12h05 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h35

O míssil Titan 2, em prontidão para arrasar a União Soviética
O míssil Titan 2, em prontidão para arrasar a União Soviética - Wikimedia Commons
HISTÓRIA ILUSTRADA 

Na China, Rússia e Estados Unidos, pelas últimas cinco décadas, equipes de soldados vêm se revezando 24 horas por dia para manter em ação um mecanismo capaz de destruir a civilização. 

São os silos nucleares, bases subterrâneas de prontidão para lançar sua carga letal, mísseis balísticos intercontinentais que se movem numa trajetória espacial para arrasar cidades do outro lado do mundo, com suas múltiplas ogivas nucleares. 

O Titan II, o primeiro deles, foi operacional entre 1963 e 1987. Hoje, os EUA ainda mantém centenas de silos de modelos mais modernos.



Infográfico AH. Clique para ampliar.