Galeria » Galeria

Alô, alô, responde: Graham Bell e o primeiro telefonema

Estudante mediano, o inventor escocês transformou o mundo ao encurtar distâncias com sua invenção

Redação AH Publicado em 28/12/2018, às 07h00

 Alexander Graham Bell inaugurando a conexão telefônica entre Nova York e Chicago
Alexander Graham Bell inaugurando a conexão telefônica entre Nova York e Chicago - Reprodução

Quando jovem, o escocês Alexander Graham Bell (1847-1922) era um estudante mediano, mas um cientista mirim de respeito. Ao pesquisar a emissão e a transmissão de sons, ele e seu irmão Meville (1845-1870) criaram um "esqueleto falante", que fez sucesso na vizinhança. O interesse era motivado por Eliza, a mão dos dois, que sofria de surdez progressiva. 

Melville morreria seis anos antes de Alexander lançar seu "telégrafo acústico". O aparelho foi patenteado em 1876. Em 1892, quando Bell foi fotografado inaugurando a conexão telefônica entre Nova York e Chicago. 150 mil americanos já possuíam um aparelho em casa. Era o começo de uma revolução.

Com a ajuda do aparelho de Graham Bell, as distâncias se tornavam relativas e o mundo começava a ficar pequeno.