Galeria » Ciência

Um bebê nas estrelas: A primeira foto de um feto que foi para o espaço

Primeira foto de um feto no útero está em naves que singram o sistema solar

Redação AH Publicado em 22/02/2019, às 10h35 - Atualizado às 11h58

A foto de Nilsson: pioneirismo no jornalismo científico
A foto de Nilsson: pioneirismo no jornalismo científico - Reprodução/Lennart Nilsson

O sueco Lennart Nilsson é uma mistura de cientista e fotógrafo. No final dos anos 1950, entusiasmado com a invenção do endoscópio, passou a perseguir o ensaio fotógrafo que o tornaria célebre em todo o mundo. Começou clicando veias e cavidades no corpo humano, até que partiu para um trabalho que lhe tomou um ano da vida: fotografar o desenvolvimento de um feto. Adaptou câmera e flash a um endoscópio e produziu um dos maiores sucessos editoriais da história da revista Life, famosa justamente pela qualidade das fotografias que publicava.

Em 30 de abril de 1965, uma incrível e inédita foto de um feto dentro do corpo da mãe estampava a capa da revista – que vendeu 8 milhões de exemplares em 4 dias. Os editores ficaram tão surpresos com as fotos de Nilsson (ele usou uma lente macro com ângulo de 100º e um flash que não disparou de primeira) que exigiram dele a apresentação de uma testemunha do ensaio. As fotos de Nilsson na Life foram embarcadas nas sondas Voyager I e II em 1977, que hoje navegam pelos limites do sistema solar.