Galeria » Escravidão

A Dama da Liteira - foto capturou dois mundos completamente diferentes

A foto denuncia duas realidades completamente diferentes - definidas pela cor da pele. Entenda o que é essa foto

Mariana Ribas Publicado em 14/02/2019, às 06h00

A Dama da Liteira, e os escravos.
Domínio Público

Essa foto foi tirada na Bahia em 1860. A cena é destoante - mas não é muito diferente dos dias atuais. O contraste com o rosto da dama que está sentada com uma expressão um tanto quanto metida e antipática, e uma vestimenta muito nobre - enquanto os escravos, descalços, estão com um olhar triste e baixo.

O que os escravos estão fazendo nesta foto? Servindo de transporte para a dama. A liteira é um tipo de veículo, só que movido a energia humana. A realeza e nobreza se locomovia deste modo - com escravos puxando o veículo. Era um lugar muito confortável para quem era servido, claro - às vezes era em formato de cama, ou em formato de cadeira (como uma carruagem). 

A liteira surgiu na Antiguidade. Os romanos eram levados assim por escravos ou animais, ou até mesmo os dois juntos. Sempre ajudou a manter ainda mais o status de quem á tinha, e com ela era servido.