Galeria » Brasil

Primeiro metrô do Brasil: Celebração prematura

“Inaugurada” em 1972, a Linha Azul do metrô de São Paulo levaria ainda mais de dois anos para funcionar

Redação AH Publicado em 09/02/2019, às 06h00

Inauguração do metrô de São Paulo, em 1972
Divulgação/ Metrô

No dia 9 de setembro de 1972, uma sirene anunciava para breve uma grande mudança na rotina dos paulistanos. Acionada pelo presidente Emílio Garrastazu Médici (o homem calvo na foto acima. À esquerda dele, de farda, está o general João Batista Figueiredo), a campainha fez o operador Antonio Lazarini colocar para funcionar, diante do público, o primeiro metrô do Brasil.

A cerimônia serviu apenas para marcar a revolução tecnológica no sistema de transportes do país, em pleno regime militar. O metrô só passou a transportar passageiros em 14 de setembro de 1974, entre os bairros de Jabaquara e Vila Mariana, seis anos após o início das obras.

Em 1975, a Linha Azul chegava até Santana: eram 16,7 quilômetros de extensão e 20 estações. Na época, cerca de 2 858 pessoas eram transportas por dia. Hoje circulam cerca de 4,5 milhões, por 84 estações.