Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Jô Soares

10 anos depois de acidente, Jô Soares reencontrou taxista que atropelou sua mãe

A mãe de Jô Soares faleceu aos 70 anos depois de ter sido atropelada por um motorista de táxi

Redação Publicado em 05/08/2022, às 16h29

Jô Soares contou em entrevista que reencontrou taxista que atropelou sua mãe - Reprodução/Vídeo/Youtube
Jô Soares contou em entrevista que reencontrou taxista que atropelou sua mãe - Reprodução/Vídeo/Youtube

O apresentador e humorista, Jô Soares, que faleceu na madrugada desta sexta-feira, 5, aos 84 anos, revelou em entrevista ao Marcelo Bonfá, que encontrou e conversou com o motorista que atropelou sua mãe, Mercedes Leal, que não resistiu e faleceu após o acidente.

Mercedes Leal, mãe de Jô Soares, faleceu aos 70 anos, depois de atropelada por um motorista. tinha 30 anos quando ocorreu o trágico acidente. Ele era discreto quanto ao assunto, no entanto, durante uma entrevista em formato de ping-pong ao Marcelo Bonfá, em 2015, resolveu comentar sobre o ocorrido.

"Mamãe morreu atropelada, em um dia de chuva terrível. O motorista do táxi não teve a menor culpa. Ela tinha 70 anos. O motorista socorreu minha mãe e levou para o hospital. Ele fez tudo certo. Só que ela teve uma fratura de base de crânio e não resistiu", disse.

O apresentador contou que o motorista, além de socorrer sua mãe, permaneceu ao lado de seu pai até o falecimento da mulher. Como repercutido pelo Splash Uol, revelou que encontrou acidentalmente com o motorista anos depois, e esse lhe pediu perdão pela situação.

Perdão

Jô Soares comentou durante a entrevista, que encontrou com o motorista 10 anos depois do acidente e esse lhe pediu desculpas.

"Dez anos depois, eu peguei um táxi no Santos Dumont e, quando cheguei em casa, o motorista falou: 'Eu preciso dizer uma coisa para o senhor. Fui eu que atropelei sua mãe. E desde esse dia, isso já faz dez anos, eu não consigo mais dormir. Só vou conseguir dormir no dia que o senhor me disser que me perdoa", contou.

Respondi para ele: 'Mas, meu filho, você está perdoado desde o dia que pegou a minha mãe, socorreu e ficou ao lado do meu pai até a minha mãe morrer. Você não teve culpa nenhuma. Eu te perdoo, você está mais que perdoado. Vai em paz.'. Ele chorava e eu chorei muito também. O perdão para mim é a coisa mais importante no cristianismo", disse .

Confira o trecho da entrevista disponível no canal de Marcelo Bonfá no Youtube.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.