Notícias » Crimes

102 anos de prisão: Mulher é condenada por dar maconha e abusar sexualmente de amigos da filha

Garotos de 12 e 13 anos foram molestados, em 2017, quando participavam de festa do pijama na casa de Christina Greer, que se diz “muito envergonhada e arrependida”

Fabio Previdelli Publicado em 01/07/2021, às 09h32

Christine Greer foi condenada a 102 anos de prisão
Christine Greer foi condenada a 102 anos de prisão - Gabinete do Procurador do Condado de Sarpy

Entre setembro e dezembro de 2017, Christina Greer, 38 anos, moradora do Nebraska, nos Estados Unidos, recebeu em sua casa dois amigos de sua filha, com 12 e 13 anos, que foram passar a noite lá para uma festa do pijama. Porém, a situação acabou indo além do que muitos poderiam imaginar. As informações são do UOL. 

Acontece que, Christina não só deu maconha para os garotos, como também abusou sexualmente deles. Porém, ela acabou sendo descoberta e enfrentou o Tribunal nessa semana, tendo sua sentença anunciada na tarde de ontem, 30. 

Por ter cometido abuso infantil, agressão sexual e adulteração de testemunhas, Greer passará, no mínimo, 64 anos presa antes de ter direito de entrar com um pedido de liberdade condicional, informou o Gabinete do Procurador do Condado de Sarpy. A mulher foi condenada a uma pena total de 102 anos. 

"Eles sofreram bullying e foram transferidos de escola várias vezes. É uma pena que tenham de continuar a lidar com isso", declarou o promotor de Justiça Phil Kleine. Christina, por sua vez, disse que está “muito envergonhada e arrependida”. Além desses casos, uma outra denúncia foi feita contra ela em janeiro de 2019.