Notícias » Filipinas

208 pessoas morrem nas Filipinas após passagem do tufão Rai

O tufão atingiu o país na última quinta-feira, 17

Redação Publicado em 20/12/2021, às 07h07

Mulher em meio aos destroços de sua casa
Mulher em meio aos destroços de sua casa - Divulgação / Guarda Costeira das Filipinas (PCG)

Ao menos 208 pessoas vieram a óbito nas Filipinas em razão da passagem do tufão Rai, que atingiu o país na última quinta-feira, 17, permanecendo até o sábado. No momento, equipes de resgate buscam por sobreviventes em meio aos escombros de milhares de casas, hospitais, escolas, entre outros estabelecimentos completamente destruídos pelo fenômeno.

Conforme informou a Cruz Vermelha, mais de 300.000 pessoas abandonaram suas propriedades, sendo que, em diversas áreas do território, a população ficou sem energia elétrica. Já em outras regiões, telhados foram arrancados e postes de luz foram ao chão com a força dos ventos, que chegaram a 195 km/h.

"Nossa situação é desesperadora", declarou o vendedor ambulante da cidade de Surigao, Ferry Asuncion.

O Rai teria sido um dos tufões mais violentos a atingir o território filipino nos últimos anos. 

De acordo com informações da AFP, o governador da ilha de Bohol, Arthur Yap, afirmou que 80 vítimas fatais foram registradas no território. Já nas ilhas Dinagat foram confirmadas ao menos 10 mortes.

Equipes de policiais, agentes da Guarda Costeira e bombeiros seguem em busca de sobreviventes, sendo que há ao menos 52 pessoas dadas como desaparecidas.