Notícias » Arqueologia

21 estátuas de Buda são encontradas em templo do Camboja

Segundo especialistas, as peças foram enterradas entre as décadas de 1960 e 1970 e muitas delas estão quebradas, com braços, pernas ou cabeças faltando

Pamela Malva Publicado em 16/04/2020, às 16h00

Equipe de escavação no Templo de Angkor Wat
Equipe de escavação no Templo de Angkor Wat - Autoridade Nacional Apsara

Durante uma semana de escavações, um grupo de arqueólogos da Autoridade Nacional Apsara (ANA) descobriu 21 estátuas de Buda. Todas elas estavam enterradas a meio metro de profundidade nos arredores do Templo de Angkor Wat, no Camboja.

De acordo com Srun Tech, diretor de Projetos de Pesquisa e Exploração da ANA, grande parte das peças estava sem braços, pernas ou cabeças. Nesse sentido, além das esculturas, a equipe de especialistas também desenterrou 141 fragmentos.

Ainda segundo Srun, é bastante provável que as obras tenham sido enterradas entre as décadas de 1960 e 1970. Isso porque as estátuas estavam misturadas entre restos de objetos modernos, como “uma campainha de bicicleta e uma sacola plástica”.

Em seguida, os arqueólogos pretendem explorar ainda mais o terreno do templo onde as estátuas foram descobertas. Quanto às peças budistas, todas devem ser restauradas e preservadas pela ANA para, então, serem expostas na província de Siem Reap.