Notícias » Brasil

29 anos depois, Gloria Perez lamenta assassinato da filha

Em suas redes sociais, a autora falou sobre a dor da perda de Daniella Perez: ‘Tempo não ameniza’

Penélope Coelho Publicado em 28/12/2021, às 12h00

Fotografia de Gloria Perez ao lado da filha, Daniella
Fotografia de Gloria Perez ao lado da filha, Daniella - Divulgação/ Instagram/ @gloriafperez

Nesta terça-feira, 28 de dezembro, o assassinato da atriz Daniella Perez completa 29 anos. Em 1992, a filha da autora Gloria Perez foi assassinada por Guilherme de Pádua, que atuava com Dani na novela ‘De Corpo e Alma’, escrita pela própria Gloria.

Nas redes sociais, Perez relembrou o assassinato de sua filha, que tinha 22 anos na época. A autora escreveu sobre o caso em seu Instagram. As informações são do UOL.

28-12-1992. O tempo não ameniza nada. Nem a dor, nem a revolta pela impunidade dos assassinos. Sim, psicopatas não são figuras de ficção — eles estão entre nós. E ganância mata”, escreveu Gloria.
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Gloria Perez (@gloriafperez)

 

Guilherme e sua então esposa — e cúmplice no crime —, Paula Thomaz, foram condenados a 19 e 18 anos de prisão, respectivamente. Ambos os acusados, contudo, foram soltos em 1999, seis anos e nove meses mais tarde.

O triste caso de Daniella Perez será tema de uma série documental da HBO Max, que deve contar com cinco episódios.

Relembre o caso que estarreceu o Brasil clicando aqui.