3700 anos: O smiley mais antigo da História

Carinha sorridente encontrada em jarro ancestral na Turquia

Fábio Marton Publicado em 19/07/2017, às 09h54 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h35

Alguém quis ir dessa para a próxima com alegria
Alguém quis ir dessa para a próxima com alegria - Anadolu Agency

O lugar não é o dos mais felizes: uma necrópole nas ruínas da antiga cidade de Carquemis. Que fica na fronteira entre Turquia e Síria e passou por muitos donos, mas, pela época em que o vaso foi enterrado (cerca de 1700 a.C.), era sede de um reino amorita, um povo semítico. Mas o significado é dífícil de confundir:


Anadolu Agency

O vaso prefeitamente conservadado foi encontrado por uma equipe italiana-turca. Nicolo Marchetti, professor da Universidade de Bolonha, diz que é o que parece mesmo:"Provavelmente encontramos o emoji mais velhao do mundo. Não sabemos com que propósito o artesão desenhou este símbolo, mas achamos que é um sorriso". 

As coincidências não param por aí. Segundo o arqueólogo, o jarro era usado para sherbet, não um sorvete, mas uma mistura bem doce de sucos, típica da região. Esta ele não notou, mas quer dizer que também foi o pioneiro de outra figura memética da modernidade: