Notícias » Europa

5 pessoas são mortas por soldado da Guarda Nacional ucraniana

Acontecimento se deu em uma fábrica de Dnipro, nesta quinta-feira, 27

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 27/01/2022, às 15h58

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

Um soldado integrante da Guarda Nacional ucraniana foi responsável por abrir fogo contra colegas dentro de uma fábrica em Dnipro e matar cinco pessoas nesta quinta-feira, 27. Entre os mortos, estão quatro colegas do homem, que havia fugido mas foi detido algumas horas depois.

O homem foi identificado como Artem Riabchuk e detido pelos policiais presentes na região ucraniana de Dnipropetrovsk, que está localizada no centro do país europeu. As informações são da AFP.

O ataque aconteceu dentro da fábrica Yuzhmash, em Dnipro, durante a madrugada. No local, são produzidos lançadores espaciais, mísseis, ferramentas industriais, veículos e foguetes.

Artem Riabchuk, que nasceu no ano de 2001, havia acabado de ganhar a arma que usaria para fazer seu turno como guarda da Guarda Nacional ucraniana. A polícia informou que entre as vítimas estão uma mulher e quatro outros soldados.