Notícias » Estados Unidos

900 funcionários são demitidos em videoconferência de 3 minutos

‘Se você está nesta teleconferência, você faz parte do grupo azarado’, disse o CEO da empresa

Penélope Coelho Publicado em 07/12/2021, às 09h24 - Atualizado em 10/12/2021, às 19h26

Vishal Garg anunciando demissão de funcionários
Vishal Garg anunciando demissão de funcionários - Divulgação/Youtube/Power Of Banana

Na semana passada, Vishal Garg, CEO de uma empresa de hipoteca chamada ‘Better.com’, anunciou a demissão de cerca de 9% de seus funcionários, em uma reunião pelo aplicativo de videoconferência Zoom.

Em três minutos 900 funcionários foram desligados da empresa durante uma reunião virtual, semanas antes das festas de fim de ano. As informações foram publicadas na última segunda-feira, 6, pelo portal Exame e UOL. 

Se você está nesta teleconferência, você faz parte do grupo azarado que está sendo demitido [...] Seu contrato aqui é rescindido com efeito imediato”, disse o vice-diretor da empresa na reunião.

O vídeo das demissões em massa viralizou nas redes sociais. Um representante da companhia se pronunciou sobre o caso e afirmou em entrevista para CNN que é ‘angustiante’ ter que demitir funcionários, especialmente nesta época do ano.

Entretanto, justificou a escolha afirmando que: “Um balanço patrimonial com poucas dívidas e uma força de trabalho reduzida e focada nos permitiram entrar em um mercado de propriedade residencial em evolução radical”.


O CEO se desculpou após a polêmica tomar conta das redes sociais. 

"Quero me desculpar pela maneira como lidei com as demissões na semana passada. Eu falhei em mostrar a quantidade adequada de respeito e apreço pelos indivíduos que foram afetados e por suas contribuições para a Better. Tenho a decisão de fazer as dispensas, mas ao comunicá-la errei a execução. Fazendo assim, eu os envergonhei. Percebo que a forma como comuniquei esta notícia agravou ainda mais a situação difícil. Peço sinceras desculpas e estou empenhado em aprender com esta situação e fazer mais para ser o líder que vocês esperam que eu seja", manifestou.