Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Arqueologia

A ‘última peça do quebra-cabeça’ de importante navio que naufragou em 1758 é descoberta

Naufrágio foi encontrado no fundo do mar na costa do Reino Unido e vem revelando detalhes de uma das embarcações mais significativas de seu tempo

Redação Publicado em 07/06/2022, às 14h14

Leme do navio HMS Invincible descoberto - Divulgação/Universidade De Bournemouth
Leme do navio HMS Invincible descoberto - Divulgação/Universidade De Bournemouth

Arqueólogos marinhos se depararam com o leme de um dos navios de guerra mais importantes de seu tempo, que naufragou em 1758 na costa de Solent, no Reino Unido, e descoberto há apenas alguns anos.

Considerada como “a última peça do quebra-cabeça que conta a história” do HMS Invincible, uma embarcação de guerra construída pelos franceses em 1744 e capturada pelos britânicos em 1747, a descoberta está em ótimo estado de conservação.

Segundo o arqueólogo marinho Dan Pascoe, envolvido nas escavações, trata-se de “um achado fantástico, maravilhoso e extremamente raro — só sobreviveu porque foi enterrado." Ele ainda classificou o leme de 11 metros de comprimento como "único e significativo".

"Nós não estávamos particularmente procurando por isso. Uma característica apareceu em pesquisas geofísicas, a 60 metros da popa", explicou o especialista. "Parece que está em muito bom estado e está completo de cima a baixo”, completou.

Um navio importante

Leme escaneado no fundo do mar / Crédito: Divulgação/Universidade De Bournemouth

Segundo a BBC News, a descoberta do leme foi feita durante uma inspeção de rotina do local em que está o HMS Invincible, nas proximidades de Portsmouth. O item deve ser protegido com sacos de areia para evitar a erosão.

Também é estimado que para trazer o leme até a superfície e preservá-lo, serão necessários cerca de £ 80 mil. Considerando a importância do HMS Invincible, há o que se pensar.

"O navio era altamente manobrável e o leme era fundamental para seu projeto”, afirmou. "É um achado único — não há outros exemplos de navios de guerra desta época. Seu futuro depende se é financeiramente viável criá-lo e encontrar um lugar para exibi-lo", acrescentou.

Veja um vídeo da descoberta: