Notícias » Música

'Acho que nem percebemos que Freddie era um gênio', diz Brian May, guitarrista do Queen

O músico descreveu Mercury em entrevista recente

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 11/08/2021, às 11h35

Brian May e Freddie Mercury
Brian May e Freddie Mercury - Compadre Edua'h e Carl Lender/Wikimedia Commons

Em mais uma conversa sobre música, Brian May, guitarrista do Queen, falou sobre o icônico vocalista e parceiro de banda Freddie Mercury durante entrevista à Matt Lucas, da BBC Radio. O papo foi publicado no canal Raised On Radio e alguns trechos foram transcritos pelo portal Brave Words.

O artista já disse que acredita que o amigo continuaria fazendo música se não tivesse falecido por complicações do HIV em 24 de novembro de 1991, o que ele reiterou na recente conversa. "Tenho certeza absoluta de que se ele ainda estivesse aqui hoje, ainda estaríamos fazendo isso”, afirmou Brian.

“A nave mãe ainda estaria voando ao redor do mundo, e estaríamos dando um tempo para fazer nosso trabalho solo, mas o Queen viria junto e nós estaríamos fazendo isso. Ele amou isso. Ele viveu para a música, ele viveu para a banda, era sua família, como é minha família ainda, embora eu tenha lutado contra isso, e Roger [Taylor] também”, disse.

May completou: “Você não pode realmente fugir do fato de que Queen é nossa família mais do que qualquer outra coisa, na verdade. Ele viveu ao máximo cada segundo do dia".

O guitarrista também falou sobre a personalidade do parceiro de banda, com quem dividiu a carreira por mais de 20 anos. "Acho que nem percebemos que Freddie é um gênio, na verdade, um tipo de gênio bastante excêntrico. E você não teria pensado se o conhecesse na rua ou no mercado de Kensington [bairro de Londres] por volta de 1970”, contou.

Segundo o músico, nada impediria Mercury de conseguir o que ele queria. “Então, tomo isso como exemplo agora, porque todos nós agradamos as pessoas, não é? Nós pensamos: ‘Oh, eu gosto de fazer isso, mas não quero fazer isso porque isso pode aborrecer essa pessoa’. Freddie nunca foi assim. Ele disse: ‘Eu quero fazer isso, vou fazer isso. Se você não quer que eu faça isso, saia do meu caminho’”, revelou.

“E algumas pessoas podem tê-lo achado rude, mas geralmente Freddie alcançou o que ele fez porque ele estava muito focado e tinha muita fé. Uma voz fantástica também. Um presente de Deus, obviamente", concluiu.