Notícias » Crimes

Acusado de estupro, jovem teria morado por três semanas embaixo da cama de vítima

Chocante caso chamou a atenção de todos em Cincinnati, nos Estados Unidos. Entenda!

Fabio Previdelli Publicado em 25/03/2021, às 10h51

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay

Na cidade de Cincinnati, em Ohio, nos Estados Unidos, o jovem Jaret Wright, de apenas 20 anos, está sendo acusado de estuprar e fotografar uma adolescente nua. Segundo a Promotoria do Condado de Hamilton, onde o caso aconteceu, eles se conheceram pelo Instagram. 

Entretanto, um fato peculiar chama mais atenção ainda sobre o suposto crime: Wright teria morado embaixo da cama da vítima durante três semanas, conforme aponta matéria da agência Associated Press. 

A vítima — que tem entre 13 e 18 anos, e que não teve sua identidade revelada — sabia que Jaret morava embaixo do móvel onde ela dormia, na casa em que vive com sua família.  

Entretanto, na semana passada, ela afirma ter sido agarrada à força por ele, que teria a estuprado e tirado algumas fotos dela sem sua autorização. De acordo com a AP, não está claro se os dois eram namorados e como o garoto entrou na casa, se ele foi convidado pela jovem ou não.  

Além disso, também não se sabe se ele saiu da casa durante o período em que morou embaixo da cama da vítima e tampouco como a mãe da jovem descobriu que Jaret estava alojado em sua residência.  

Wright acabou sendo preso no último dia 18, quinta-feira da semana passada. Ele foi acusado três vezes por agressão sexual e uma outra por produção de conteúdo pornográfico infantil. Sua fiança foi fixada em 50 mil dólares, algo em torno de R$ 280 mil. Jaret Wright ainda aguarda um julgamento sobre o caso.