Notícias » Brasil

Adolescente leva granada para escola particular de Belo Horizonte

De acordo com o colégio, ‘o artefato bélico estava inoperante’; o esquadrão antibombas chegou a ser acionado

Redação Publicado em 24/03/2022, às 09h59

Granada levada pelo estudante ao Colégio Santa Dorotéia, em Belo Horizonte
Granada levada pelo estudante ao Colégio Santa Dorotéia, em Belo Horizonte - Divulgação/Redes sociais

Um estudante de 13 anos foi responsável por levar uma granada para o colégio particular em que estuda em Belo Horizonte, Minas Gerais, na última terça-feira, 22. Trata-se do Colégio Santa Dorotéia, situado no bairro Sion, na região centro-sul da capital mineira.

O adolescente, aluno do 9º ano do ensino fundamental, trouxe o artefato consigo de casa para a escola e o mostrou para os colegas de sala. Com a descoberta da granada, o jovem foi enviado para a coordenação da instituição e, inicialmente, suspenso por três dias.

Passadas algumas horas do ocorrido, a direção do Colégio Santa Dorotéia informou que o estudante havia sido expulso da escola. Eles haviam tentado entrar em contato com o pai do garoto, que não pôde buscá-lo e liberou sua saída sem a presença de uma pessoa maior de idade.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada, contando com a presença do esquadrão antibombas do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no local, que afirmou que a granada não tinha risco de explodir.

Como reportou o g1, com informações da Polícia Civil, o objeto, que seria da família do menino, foi apreendido pelas autoridades. O adolescente foi liberado e o caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada de Apuração do Ato Infracional.

Sobre o ocorrido, o Colégio Santa Dorotéia afirmou em comunicado que "o artefato bélico estava inoperante" e que "a coordenação geral prontamente requisitou a presença do aluno, promovendo os esclarecimentos dos fatos para possibilitar o seguimento às medidas cabíveis".

"Entendemos que este lamentoso evento seguiu em vértice oposto aos mais caros princípios educativos e práticas pedagógicas adotadas nesta instituição de ensino, bem como ao incansável compromisso que assumimos dia a dia para com a guarda e preservação da integridade de nossos alunos, colaboradores e famílias", acrescentou.