Notícias » Bizarro

Adolescente mordida por crocodilo na Zâmbia passa bem: 'Tive muita sorte'

A jovem Amelie Osborn-Smith praticava rafting quando foi alcançada pelo réptil

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 07/12/2021, às 12h24

Amelia internada após mordida
Amelia internada após mordida - Divulgação / Brent Osborn-Smith

A jovem Amelie Osborn-Smith, 18, enfrentou um susto que já vitimou fatalmente incontáveis pessoas; durante uma viagem para a Zâmbia, no sul da África, ela foi agarrada por um crocodilo, pelas pernas, enquanto praticava rafting no Rio Zambeze, ligação das Cataratas Vitória, em 30 de novembro.

Ao ser alcançada pelo réptil, a britânica teve de lutar junto aos companheiros que auxiliavam na prática para não ser arrastada, conseguindo se safar mesmo com a parte inferior da perna e o pé direito gravemente feridos, além de um deslocamento no quadril pela puxada incisiva do animal.

O incidente, no entanto, foi coberto pelo seguro da jovem, que a deslocou de volta ao Reino Unido, onde é tratada em uma unidade de trauma em um hospital universitário. Repatriada e sendo observada pelos médicos, ela chegou a gravar um vídeo deitada no leito, afirmando que não cogitava um risco tão grave.

As pessoas dizem que você vê sua vida passando diante de seus olhos, mas não, você apenas pensa: 'Como faço para sair dessa situação?'. [...] Seu cérebro simplesmente fica acelerado. Eu tive muita, muita sorte", disse a jovem.