Notícias » Bolívia

Agricultura na Amazônia já acontecia há 10 mil anos e alterou a geografia do local

Segundo pesquisadores, os primeiros moradores bolivianos da floresta amazônica, já plantavam abóbora, milho e mandioca

Penélope Coelho Publicado em 14/04/2020, às 14h08

Ilhas florestais vistas de cima
Ilhas florestais vistas de cima - Divulgação

Estudos envolvendo universidades latinas e europeias revelaram que os habitantes da floresta amazônica na Bolívia já praticavam agricultura anos antes do que se imaginava, até então.

A pesquisa divulgada no começo do mês de abril pela revista científica Nature, revelou a prática de 10 mil anos que levou à formação de ilhas florestais, lugares marcados pela biodiversidade expandida por causa das plantações.

Os novos achados indicam que já existiam pequenas comunidades estabelecidas na parte boliviana da floresta amazônica. Esse pequeno povoado cultivou diferentes tipos de plantas e alimentos. Segundo os autores do artigo, milho, mandioca e abóbora eram plantados na floresta, já naquela época.

Os cientistas chegaram à essa conclusão, após analisarem amostras de 30 ilhas florestais, que segundo eles, tiveram suas plantações modificadas devido ao cultivo dos antigos povos. O que revelou que a dieta deles não era somente baseada na pesca.

"As evidências sugerem que havia pelo menos quatro áreas do mundo em que os humanos domesticaram plantas há cerca de 11 mil anos, duas no Velho Mundo e duas no Novo Mundo. Esta pesquisa nos ajuda a provar que o sudoeste da Amazônia é provavelmente o quinto”, afirma José Iriarte, da Universidade de Exeter, no Reino Unido, em comunicado à imprensa.