Notícias » Brasil

Ajuda da Argentina para tragédia na Bahia é recusada

O governo federal justificou a decisão informando que a situação está 'sendo enfrentada com mobilização interna'

Penélope Coelho Publicado em 30/12/2021, às 07h25

Tragédia na Bahia
Tragédia na Bahia - Divulgação/Twitter/@ajplus

Na última quarta-feira, 29, a oferta de ajuda humanitária proposta pela Argentina para auxiliar as vítimas das fortes chuvas na Bahia, foi recusada pelo governo federal. A decisão foi comunicada ao consulado argentino na noite de ontem.

O país vizinho havia disponibilizado a oferta de enviar profissionais especializados nos setores de saneamento, logística e nas áreas de apoio psicossocial.

O governo federal justificou a recusa informando que a situação em solo baiano está “sendo enfrentada com a mobilização interna de todos os recursos financeiros e de pessoal necessários”. As informações são do portal de notícias UOL.

Entretanto, o documento pontua: “na hipótese de agravamento da situação, requerendo-se necessidades suplementares de assistência, o governo brasileiro poderá vir a aceitar a oferta argentina de apoio da Comissão dos Capacetes Brancos, cujos trabalhos são amplamente reconhecidos”.

Antes da decisão do governo, o governador da Bahia, Rui Costa, havia agradecido o apoio oferecido pela Argentina e pediu agilidade do Brasil para autorização da ajuda internacional.

De acordo com as últimas informações, 24 pessoas morreram e mais de 400 ficaram feridas em decorrência das fortes chuvas na região, ao todo, cerca de 630 mil pessoas foram atingidas pela tragédia.