Notícias » Brasil

Aldo Rebelo enaltece garantia de vacinas para progresso econômico: "O governo perdeu a capacidade de liderar"

Em entrevista exclusiva ao Grupo Perfil, o ex-Ministro lançou um livro que aborda suas projeções para a política nacional

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Alana Sousa Publicado em 29/05/2021, às 09h45

Aldo durante evento da Copa do Mundo de 2014
Aldo durante evento da Copa do Mundo de 2014 - Getty Images

Em lançamento de seu novo livro, nomeado 'O Quinto Movimento: propostas para uma construção inacabada', o ex-ministro e ex-deputado federal Aldo Rebelo concedeu uma entrevista ao Grupo Perfil, parceiro editorial da Aventuras na História, e comentou as projeções políticas acerca da pandemia da Covid-19.

Na conversa, o escritor manifestou os principais problemas que ocasionaram a crise sanitária: "O problema da pandemia é o problema da ciência, mas da ciência política, porque tudo foi politizado. A vacina foi politizada. A medicação foi politizada. O governo perdeu a capacidade de liderar", explicou.

Contudo, também acrescentou, com sua experiência, o que poderia ser feito para amenizar a crise: "Em momentos como esse, o governo precisa unir os brasileiros, a ciência, a academia, os governadores em torno de uma causa comum. É uma guerra com um inimigo que você não sabe de onde vem, como ele é".

Aldo ainda descreveu o país com o sentimento de "insegurança constante" pela ausência de vacinas e processo desacelerado, citando o atual ministro da Economia do Brasil, Paulo Guedes, ao afirmar que o desenvolvimento só progredirá com a garantia da imunização: "Ninguém tem segurança de retomar atividade nenhuma se não tiver a vacina presente", concluiu.

Confira a entrevista completa realizada pela Perfil Brasil: