Notícias » Entretenimento

Alec Baldwin fala sobre saúde mental após tragédia

Em vídeo, o ator afirmou que a 'negatividade' não irá atingi-lo em 2022, apesar do episódio nas filmagens de 'Rust' no ano passado

Isabela Barreiros Publicado em 03/01/2022, às 19h00

Alec Baldwin em entrevista sobre a tragédia no set de "Rust"
Alec Baldwin em entrevista sobre a tragédia no set de "Rust" - Divulgação/ Youtube/ ABC News

O ator Alec Baldwin publicou um vídeo no seu perfil no Instagram no último sábado, dia 1º de janeiro, em que fala sobre não querer deixar a negatividade o destruir em 2022, após o acidente fatal no set de filmagens de “Rust”, em outubro do ano passado.

Em um vídeo de quase 13 minutos, Baldwin explicou que seu maior objetivo é controlar seus sentimentos, dando uma atualização sobre o estado de sua saúde mental. Além disso, ele também agradeceu pelo apoio que vem recebendo dos fãs.

Não tenho medo de dizer isso e de expressar isso em alguns eufemismos — alguém morreu de forma muito trágica. E eu recebi muito, quero dizer, muita boa vontade das pessoas. É simplesmente incrível”, disse o ator.

“Eu tive mais pessoas que foram gentis, atenciosas e generosas de espírito do que pessoas que são malignas sobre a morte de Halyna Hutchins”, prosseguiu, segundo informações da NME.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Alec Baldwin (@alecbaldwininsta)

 

“Esta foi, com certeza, a pior situação em que já estive envolvido, e estou muito esperançoso de que as pessoas encarregadas de investigar tudo isso descobrirão a verdade o mais rápido possível. Ninguém quer a verdade mais do que eu”, continuou.

O artista revelou ainda que vem conversando com pensadores espirituais e filosóficos em telefonemas para aprender a “administrar melhor seus sentimentos e não permitir que eles o destruam ou obtenham o melhor de você”.

Vivemos em um mundo onde há oceanos de negatividade, online e assim por diante, e é preciso encontrar uma maneira de gerenciar isso”, concluiu Baldwin.