Notícias » Brasil

Além de São Paulo: As outras cidades que desobrigaram o uso de máscara

Quase todas as maiores cidades do país estão movimentando a liberação do uso desse item, pelo menos ao ar livre

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 09/03/2022, às 17h24

Pessoas usando máscaras no metrô de São Paulo (2020)
Pessoas usando máscaras no metrô de São Paulo (2020) - Getty Images

Nesta semana, a capital do Rio de Janeiro tornou-se a primeira grande cidade brasileira a desobrigar completamente o uso da máscara contra a covid-19. Além disso, São Paulo também iniciou o processo de liberação, com João Doria, governador, apontando que  “há uma boa tendência”.

A cidade organizou uma reunião do comitê científico na última terça-feira, 8, para discutir essa possibilidade e confirmou a desobrigação do uso desse item em locais abertos.

As duas metrópoles, São Paulo e Rio de Janeiro, também são acompanhadas por outros grandes municípios brasileiros, que estão liberando as máscaras aos poucos.

De acordo com a cobertura do portal de notícias O Globo, a capital do Maranhão, São Luiz, já funciona sem a obrigação de usar as máscaras ao ar livre desde o fim do ano passado — o uso foi liberado em outubro de 2021.

O mesmo acontece em Cuiabá, capital de Mato Grosso, na qual as máscaras foram desobrigadas em ambientes abertos em novembro.

Em Belo Horizonte, a situação foi resolvida pelo comitê de enfrentamento à pandemia, que deliberou a liberação do uso das máscaras na última sexta-feira, 4.

O decreto de Brasília entrou em vigor na segunda, 7, o que foi possibilitado pela “queda dos casos de Covid-19 no Distrito Federal”, afirmou o governador Ibaneis Rocha.

Goiânia e o restante de Goiás, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde de Goiás, irá avaliar a flexibilização dessa obrigatoriedade nesse período pós-Carnaval. Por fim, na região Sul do país, o Rio Grande do Sul dispensou a obrigatoriedade completa para menores de 12 anos, e Santa Catarina liberou para crianças entre 6 e 12.