Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Daniella Perez

Além do luto, família de Daniella Perez precisou lidar com o machismo

Em entrevista, viúvo de Daniella Perez relembra detalhes das investigações sobre a morte

Redação Publicado em 23/07/2022, às 08h05

Foi necessário comprovar que Daniella Perez era somente vítima, relembra Raul Gazolla - Divulgação/YouTube/HBO Max Brasil
Foi necessário comprovar que Daniella Perez era somente vítima, relembra Raul Gazolla - Divulgação/YouTube/HBO Max Brasil

Raul Gazolla, ator brasileiro que ficou viúvo de Daniella Perez após o crime cometido contra ela em 1992, relembra em entrevista que, à época da morte da esposa, ainda foi necessário comprovar a inocência da atriz — que contava com 18 marcas de facadas em seu corpo. O ator, além de outras pessoas próximas, dão mais detalhes sobre o caso na nova série documental da HBO 'Pacto brutal: O assassinato de Daniella Perez'.

Em entrevista para o jornal O Globo, o ator comenta sobre o absurdo de ter que comprovar a inocência da então esposa:

Me impressiona muito termos que provar a inocência de uma pessoa assassinada com 18 facadas. Tivemos que defender a honra da Dany e provar que ela não tinha tido nada com o assassino", disse Raul Gazolla em entrevista ao O Globo, como informado pelo portal Splash, da UOL.

A jovem atriz, que tinha somente 22 anos na época de sua morte, foi assassinada pelo então ator Guilherme de Pádua — que contracenava com ela na novela 'De Corpo e Alma', escrita por Glória Perez, mãe da vítima — ao lado de sua esposa Paula Thomaz. Daniella foi morta em dezembro de 1992.

Nas investigações, Glória Perez principalmente procurou provar a inocência da filha. Isso foi necessário porque algumas acusações acusavam a atriz de assédio contra Guilherme de Pádua nos bastidores da novela em que trabalhavam juntos.

A série

Ainda durante entrevista, Raul Gazolla chegou a confessar que ficou emocionado ao assistir a produção.

Fiquei bem mexido. Relutei um pouco para entrar no segundo episódio, porque o primeiro me deu um ippon, mas como era algo mais técnico, com entrevistas dos policiais, foi mais fácil", confessou.

Confira o trailer da série documental da HBO 'Pacto Brutal: O Assassinato de Damiella Perez.


O site Aventuras na História está no Helo! Não fique de fora e siga agora mesmo para acessar os principais assuntos do momento e reportagens especiais. Clique aqui para seguir.