Notícias » Europa

Alemães protestam contra medidas restritivas para conter covid-19

Milhares de protestantes foram às ruas na noite da última segunda-feira, 13

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 14/12/2021, às 15h07

Protesto contra restrições pela covid-19 na Alemanha, em 2020
Protesto contra restrições pela covid-19 na Alemanha, em 2020 - Getty Images

Milhares de alemães, de cidades por toda a Alemanha, que não querem aderir às medidas restritivas contra o coronavírus impostas pelo governo do país foram às ruas na noite da última segunda-feira, 13.

Os protestantes fizeram manifestações com o intuito de protestar contra uma possível adesão da vacinação obrigatória contra Covid-19 pelo governo. Hoje, já há restrições em curso dentro da Alemanha quando se trata de cidadãos não vacinados. As informações são da Deutsche Welle. 

Ainda segundo o veículo alemão, que usou de dados fornecidos pela polícia do país, a maior manifestação se deu na cidade de Magdeburg, capital da Saxônia-Anhalt, região localizada no leste da Alemanha, com cerca de 3500 pessoas reunidas nas ruas.

Em Mannheim, localizada ao sul de Frankfurt, seis policiais se feriram durante uma manifestação proibida com até 2000 pessoas. A polícia da cidade afirmou que os protestantes não obedeceram as regras de distanciamento social e não usaram máscaras.

Além disso, os manifestantes teriam ignorado as ordens da polícia para deixar a área, e com isso 121 pessoas foram denunciadas por violações e outras três poderão responder a processos criminais por desacato a autoridade.