Notícias » Europa

Alemanha aprova vigilância de partido de extrema-direita

A Justiça do país considerou o partido Alternativa para a Alemanha (AfD) uma ameaça à democracia

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 09/03/2022, às 14h53

Evento do partido Alternativa para a Alemanha (AfD)
Evento do partido Alternativa para a Alemanha (AfD) - Getty Images

Foi autorizado por um tribunal alemão na última terça-feira, 8, que o Departamento de Proteção à Constituição da Alemanha, a agência de inteligência interna da nação europeia, vigiasse o partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha. As informações são da Deutsche Welle. 

A decisão se deu depois do tribunal concluir que há indícios que provam que dentro do partido, também chamado de AfD, há aspirações inconstitucionais que podem ameaçar a democracia da Alemanha.

Dentro do Alternativa para a Alemanha, de acordo com a Deutsche Welle, havia uma facção radical chamada de Der Flügel, ou "A Ala", que acabou sendo formalmente dissolvida pela Justiça da Alemanha. Os líderes da Ala, no entanto, continuam sendo influentes dentro do partido.  

O tribunal alemão também afirmou que parte da decisão veio depois que ações contra estrangeiros por parte do Alternativa para a Alemanha foram identificadas. O partido mantém, publicamente, uma postura contra a imigração.