Notícias » Arqueologia

Na Alemanha, esqueletos de guerreiro e cavalo decapitado são descobertos

O antigo cemitério revelou ainda joias, como um broche muito rico, e armas, entre espadas, lanças e escudos

Isabela Barreiros Publicado em 04/01/2022, às 11h00

Esqueleto de cavalo decepado encontrado na Alemanha
Esqueleto de cavalo decepado encontrado na Alemanha - Divulgação/Baden-Wuerttemberg State Office for Monument Preservation

Um trabalho arqueológico realizado em uma antigo cemitério na cidade de Knittlingen, na Alemanha, revelou esqueletos de um guerreiro merovíngio e de um cavalo decapitado, além de artefatos como joias e espadas.

O local foi revelado em 1920 durante obras de uma ferrovia que não chegou a ser construída por completo. As descobertas recentes foram divulgadas pelo Escritório Estadual de Preservação de Monumentos de Baden-Wuerttemberg.

Joia que estava em um dos esqueletos / Crédito: Divulgação/Baden-Wuerttemberg State Office for Monument Preservation

 

Embora o cemitério tenha sido danificado ao longo dos anos por ladrões de túmulos, foram encontrados itens extremamente valiosos para os pesquisadores, como 109 sepulturas medievais da elite merovíngia.

Uma das mulheres enterradas estava vestindo trajes típicos e datava da segunda metade do século 6. Em outra, que remonta do século 7, foi identificado um broche de disco de ouro.

Próximos aos esqueletos, também estavam armas como espadas, lanças e escudos, fora as joias. Vasos de cerâmica de períodos históricos ainda mais antigos também foram revelados pelos especialistas.

Esqueleto revelado no cemitério alemão / Crédito: Divulgação/Baden-Wuerttemberg State Office for Monument Preservation

 

"Como era de se esperar, devido à localização de Knittlingen em uma paisagem fértil de antigos assentamentos, as investigações também revelaram descobertas pré-históricas individuais, ou seja, da Idade da Pedra", explicou Folke Damminger, oficial que fez parte das escavações, em nota.