Notícias » Bizarro

Alemanha: Professor suspeito de assassinato seguido de canibalismo é detido

No apartamento do homem de 41 anos havia pedaços de ossos e vestígios de sangue, além de facas e serras

Ingredi Brunato Publicado em 23/11/2020, às 16h15

Fotografia ilustrativa de policiais alemães de costas
Fotografia ilustrativa de policiais alemães de costas - Divulgação/ Pixabay

Recentemente a polícia de Berlim prendeu um professor de ensino médio de 41 anos de idade sob suspeita de assassinato seguido de canibalismo. O crime seria classificado como “homicídio sexual”, uma vez que ele teria conhecido a vítima através de um site de encontros. 

Stefan T., de 44 anos, estava desaparecido desde o início de setembro. Em 8 de novembro, um grupo fazendo caminhada em uma área verde da cidade encontrou a pilha de ossos que a análise de DNA revelou pertencer ao homem. 

Ao rastrear sua última viagem de táxi, a polícia chegou no apartamento do suposto autor do crime, onde foram encontradas facas de corte, serras, pedaços de ossos e vestígios de sangue. 

Outro detalhe também relevante foi divulgado pelo porta-voz da promotoria de Berlim, Martin Steltner, para a Associated Press: “O suspeito tinha interesse em canibalismo; ele pesquisou o assunto online”. Uma hipótese que teria sido levantada foi a possibilidade do ato ter sido consensual — algo que já aconteceu duas vezes antes na Alemanha — todavia os investigadores de Berlim concluíram que não havia sinais de consentimento dessa vez.