Notícias » Europa

Alemanha tem dia mais fatal por covid-19 desde fevereiro

O governo alemão busca por medidas para combater o vírus

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 01/12/2021, às 13h24

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

A Alemanha registrou nesta quarta-feira, 1, o maior número de mortes por Covid-19 desde o mês de fevereiro, contando com 446 óbitos.

Hospitais do país especulam que o país pode chegar a ter 6.000 pessoas em unidades de tratamento intensivo até o fim de dezembro, número maior do que o mesmo período em 2020.

Apesar da média móvel de 7 dias do índice de infecção ter caído de 452,2 infecções por 100 mil pessoas para 442,9 por 100 mil pessoas, o Instituto Robert Koch, responsável pelo combate às doenças infecciosas, ainda registrou mais de 67 mil casos de Covid-19 no país.

O governo federal alemão está se juntando aos governos locais para tomar ações que combatam a quarta onda com mais eficácia. Eles querem restringir os contatos de pessoas não vacinadas e intensificar a campanha de vacinação dentro do país. As informações são do portal de notícias G1.

Agora o governo alemão estuda propostas como diminuir o número de pessoas em eventos grandes e exigir comprovantes de vacinação dentro de espaços como lojas.

Cientistas e médicos alemães criticam os políticos do país pela demora em tomar ações, como é o caso de Gernot Marx, presidente da associação de médicos intensivistas, que disse que o número de pessoas na UTI pode ser alto mesmo com a imposição dessas medidas.