Notícias » Hard News

Aluno de 14 anos é encontrado morto na Chapada dos Guimarães

Em uma excursão escolar, o corpo do jovem estava em uma das cachoeiras do parque nacional

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 07/12/2021, às 15h58

Vista panorâmica do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães
Vista panorâmica do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães - Wikimedia Commons / Robert L. Dona

Na segunda excursão escolar deste mês, novembro, os alunos da Escola Estadual Professor Welcio Mesquita de Oliveira visitaram o Circuito das Cachoeiras no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, na segunda-feira, 6. 

No entanto, durante o passeio desta escola estadual do Mato Grosso, três dos alunos se perderam, e um deles foi encontrado morto em uma das cachoeiras.

A falta dos jovens, entre eles Daniel Hiarle Arruda de Oliveira, de 14 anos, que, tragicamente, faleceu, foi percebida no final do dia, enquanto se preparavam para ir embora — logo não sabemos quando os três alunos desapareceram. 

Os dois que foram encontrados estavam na trilha, mas, os professores precisaram acionar o Corpo de Bombeiros para procurar por Daniel, que não havia sido achado nas buscas dos profissionais da escola.

O corpo do adolescente, tristemente, foi encontrado na Cachoeira da Prainha, após quase cinco horas de busca. A equipe de procura mergulhou no corpo de água e encontrou Daniel a três metros de profundidade, no entanto, a causa de sua morte ainda não foi revelada.

Devido à tragédia que ocorreu no passeio escolar, o parque nacional está fechado nesta terça-feira, 7, e que não haverão aulas até a quinta-feira, 9 de dezembro, como informado pela Secretaria de Educação em um comunicado oficial, no qual reforça que este passeio ocorreu de acordo com os protocolos oficiais.

A Seduc reforça que as aulas de campo são realizadas de acordo com protocolos específicos, que foram seguidos pelos profissionais da escola e com autorização dos pais e responsáveis pelos alunos”.

Além de tudo, segundo a cobertura do portal de notícias G1, outra turma da mesma escola faria esta excursão hoje, todavia, o passeio foi cancelado e as investigações relacionadas ao caso irão continuar.