Notícias » Curiosidades

Alvo de lenda, pedra que guardaria ‘entidade maligna’ se rompe no Japão

A rocha conhecida como ‘Sessho-seki’, alvo de uma lenda milenar, seria lar de Tamomo-No-Mae, a famosa Raposa de Nove Caudas

Redação Publicado em 09/03/2022, às 14h49

A pedra rompida em dois pedaços no Japão
A pedra rompida em dois pedaços no Japão - Divulgação/Twitter/@Lily0727K

Uma pedra que, segundo uma lenda milenar, seria responsável por guardar uma “entidade maligna” se rompeu na região de Montanhas em Tochigi, nas proximidades de Tóquio, no Japão, gerando preocupação entre os moradores.

Isso porque a rocha é famosa pela crença de ser o lar de Tamomo-No-Mae, identificada como a famosa Raposa de Nove Caudas no mundo dos mangás, animes e jogos em todo o mundo, como reportou o jornal britânico The Guardian.

Muitas histórias envolvem a pedra, conhecida como “Pedra da Morte” ou ainda pelo nome local “Sessho-seki”. Alguns afirmam que quem entrar em contato com ela poderá morrer e outros acreditam ainda que, com o rompimento, o espírito que ela aprisionava foi liberto.

Além disso, outra lenda conta que o demônio teria assumido uma forma feminina como parte de um plano desenvolvido para assassinar o imperador japonês Toba, que viveu entre 1107 e 1123.

O fato de a rocha ter se rompido causou inquietação entre habitantes da região e turistas, que publicaram fotos da pedra, além de uma corda ao lado dela, responsável por teorias sobre o motivo do rompimento.

Entre os motivos pelos quais a “Pedra da Morte” pode ter quebrado, alguns apontam que isso pode ter acontecido porque ela expele “gás venenoso” o que lhe rendeu seu nome e fez com que a rocha vulcânica se separasse em duas partes bastante semelhantes.

Também foi sugerido que um monge budista teria exorcizado o espírito da rocha, espalhando partes dele por todo o Japão, o que explicaria a corda encontrada ao lado dos dois pedaços da pedra.

“Sinto que vi algo que não deveria ser visto”, escreveu um internauta no Twitter em uma publicação sobre o rompimento da famosa pedra.