Notícias » Bizarro

Americano destrói carro de R$ 3,5 milhões por não saber usar câmbio manual

O carro é um Gulf Oil Heritage Edition Ford GT, que só teve 343 unidades produzidas em 2006

Wallacy Ferrari Publicado em 05/05/2022, às 13h41

Fotografia do Ford GT batido
Fotografia do Ford GT batido - Divulgação / Redes sociais / John Peddle

Um empresário norte-americano identificado como Robert Guarini, 50, protagonizou um acidente automotivo bizarro, pouco tempo depois de adquirir uma relíquia sobre rodas; em abril, ele arrematou uma edição especial do clássico esportivo Ford GT por US$ 701 mil (aproximadamente R$ 3,5 milhões na cotação atual).

O modelo Gulf Oil Heritage Edition Ford GT, produzido em 2006, contou com apenas 343 unidades produzidas em uma parceria da fabricante de carros com a petrolífera Gulf Oil, fazendo referência aos antigos carros coloridos nas cores azul e laranja que eram patrocinados pela empresa durante o século 20.

Comprado com apenas 3,5 mil km rodados, o veículo durou pouco na mão do morador da Flórida; pouco após assumir a direção, ele perdeu o controle enquanto tentava mudar da primeira para a segunda marcha. Sem familiarização com o câmbio manual, o condutor acabou se confundindo e chocando a parte dianteira do carro com uma árvore.

Tudo errado

A revelação, feita para a revista norte-americana Road&Track e repercutida pelo portal de notícias G1, não foi levada com bom humor pelo comprador, que teve sua carteira recolhida por vencimento e ainda foi autuado por circular com o veículo sem registro, além de multa pela direção perigosa, que resultou na colisão.

Contudo, Robert esclareceu que sequer exagerou ao conduzir o carro esportivo: "Não quero que pensem que eu estava correndo a 140 km/h. Eu estava a 55 km/h”, acrescentou à Road&Track.