Notícias » Crimes

Mais lidas: Americano é preso após manter cadáver do filho em geladeira desde 2018

O homem identificou os restos mortais como o do filho que havia morrido há quatro anos, armazenados na geladeira de sua casa no Texas

Redação Publicado em 31/03/2022, às 11h00 - Atualizado em 03/04/2022, às 07h00

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Pixabay/diegoparra

Um homem foi preso no Texas, nos Estados Unidos, após um cadáver ser descoberto pela polícia dentro da geladeira de sua casa. O americano relatou às autoridades que os restos mortais eram de seu filho que morreu em 2018.

Oficiais foram acionados após uma denúncia anônima à casa de David McMichael, cujos vizinhos estavam preocupados com o bem-estar dos moradores da casa do homem de 67 anos que vive na cidade de New Boston.

Segundo comunicado da polícia à imprensa, quando os policiais chegaram à residência do idoso, perguntaram se ele sabia porque as autoridades estavam lá. "O senhor McMichael os avisou que era porque ele tinha um corpo em sua cozinha”, diz a nota.

David identificou os restos mortais como o do filho que havia morrido em maio de 2018. Segundo a polícia, o corpo “possivelmente” é o de Jason McMichael, o que será confirmado por uma autópsia que deve ser realizada logo.

Após a descoberta dos restos mortais, o homem foi preso pelas autoridades e acusado de abuso de cadáver. O corpo foi transferido para Dallas para que a autópsia seja feita, assim como uma investigação sobre o caso.