Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Black Face

Ana Maria Braga interrompe programa após blackface em quadro

Apresentadora chamou especialistas para comentarem o ocorrido nesta sexta-feira, 20

Luisa Alves, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 20/05/2022, às 15h53 - Atualizado às 16h54

Anderrupson no Jogo de Panelas - Reprodução/Vídeo/Youtube/TV Globo
Anderrupson no Jogo de Panelas - Reprodução/Vídeo/Youtube/TV Globo

Apresentado por Ana Maria Braga, o último jantar do quadro ‘Jogo de panelas’, do programa ‘Mais Você’, teve atitude polêmica de um participante que pintou seu corpo para simular pele negra. O programa foi exibido nessa sexta-feira, 20.

Conhecida como ‘Black Face’, a atitude provocou a interrupção do programa. A apresentadora Ana Maria Braga pausou o quadro para comentar sobre o assunto e chamou especialistas para darem uma aula a respeito do tema.

A temática do jantar foi África e os participantes estavam à caráter. Após a aparição do participante Anderrupson, com seu corpo pintado, o quadro foi pausado e Ana Maria chamou especialistas para falarem sobre o assunto.  "A gente está tentando esclarecer aqui para que isso não ocorra nas festas, nos lugares em que você for. É um comportamento que não deve mais se repetir", disse ela. 

A apresentadora ainda completou: "Esse esclarecimento é parte da essência do nosso programa, e é bom para todo mundo aprender. Dito isso, acho que tem um monte de gente que não percebe ainda. Mas tá na hora, né? Já está tão dito isso, prestar atenção no outro, respeitar o outro".

O Anderrupson estava muito legal, mas mais uma vez ele traz a ingenuidade, né? Não precisa se pintar de negro. A gente não brinca de ser negro, a gente é de verdade. A gente tem toda uma história e isso é muito sofrido", declarou Felipe, anfitrião do jantar.

A jornalista Rosane Borges, também foi convidada para comentar a questão e declarou: "Foi um recurso muito utilizado pela aristocracia escravagista que fazia da técnica do blackface uma forma de estereotipar, de negar a humanidade das pessoas negras". 

‘Black Face’ ao longo da história

Conhecida como ‘Black Face’, essa prática racista consiste na simulação da pele negra por pessoas brancas, por meio de pinturas. No século 19 era  comum em espetáculos humorísticos dos EUA e Europa. Atores brancos além de se pintarem, também ridicularizavam sotaques através de suas atuações exageradas.

Um século depois, a prática ainda era exercida em filmes. Devido a ausência de posições de destaques para atores negros e asiáticos, papéis que exigissem tais personagens, tinham atores brancos usando o blackface