Notícias » Canadá

Animais marinhos são ‘cozidos vivos’ devido intensa onda de calor no Canadá

Especialistas acreditam que cerca de um bilhão de espécies marinhas tenham morrido em praias do país

Penélope Coelho Publicado em 14/07/2021, às 09h34

Animal marinho morto em decorrência do calor, em praia canadense
Animal marinho morto em decorrência do calor, em praia canadense - Divulgação/Christopher Harley/University of British Columbia.

De acordo com informações publicadas na última terça-feira, 13, pelo portal de notícias G1, pesquisadores da Universidade de British Columbia, no Canadá, realizaram uma estimativa para mensurar as mortes de animais marinhos em decorrência da intensa onda de calor, que recentemente está atingido a região oeste do país.

Para os estudiosos, cerca de um bilhão de criaturas marinhas, entre elas: mexilhões, moluscos e mariscos, morreram em decorrência do calor nas praias do Canadá.

Sabe-se que recentemente, o Canadá registrou as temperaturas mais altas de sua história, atingindo mais de 40 graus na área urbana.

Segundo revelado na publicação, a situação foi ainda mais alarmante nas praias, que chegaram a registrar até 50 graus.

Os pesquisadores acreditam que em decorrência do calor, diversos animais marinhos foram literalmente ‘cozidos vivos’ em praias de Vancouver, gerando um odor forte e desagradável na costa.

Em entrevista para a CNN, o professor de zoologia da Universidade de British Columbia definiu o ocorrido como uma “catástrofe”. Segundo o especialista, a combinação das altas temperaturas com a baixa das marés em decorrência do calor causou um combo mortal para essas criaturas.

Segundo revelado na reportagem, autoridades do Canadá alertam a população para uma nova onda de calor, além disso, anunciam medidas para tentar conter os incêndios florestais, que já possuem mais de 50 focos no país.