Notícias » Entretenimento

Anna Sorokin defende sotaque de atriz em série da Netflix

A golpista russa explicou detalhes sobre como Julia Garner interpretou sua forma de falar em ‘Inventando Anna’

Isabela Barreiros Publicado em 14/03/2022, às 13h55

Julia Garner como Anna em 'Inventando Anna' (2022)
Julia Garner como Anna em 'Inventando Anna' (2022) - Divulgação/Netflix

Com o sucesso da série “Inventando Anna” (2022), a golpista russa Anna Sorokin voltou a falar sobre um detalhe importante ao defender o sotaque que a atriz Julia Garner desenvolveu especialmente para a produção ao interpretá-la.

Em entrevista ao ao podcast Forbidden Fruit, realizada enquanto estava na prisão, a jovem que fingiu ser uma herdeira alemã milionária relembrou o encontro com a artista durante o seu processo de preparação para o papel.

Ela é uma garota muito doce. Tivemos uma reunião e pedi a ela para fazer meu sotaque. E é tão estranho porque a maneira como você se ouve é completamente diferente”, contou Sorokin.

Sobre o sotaque, ela explicou: "Ela está fazendo um retrato meu de 2015, 2016, 2017. Agora eu estou há mais de quatro anos nos EUA [...] Naquela época, estava falando francês, alemão e inglês diariamente."

Nascida na Rússia, a mulher ficou conhecida pelo nome falso Anna Delvey e cresceu na Alemanha, tendo vivido na França, na Inglaterra e nos Estados Unidos. Por isso, ela tem um sotaque único, que inclui todos esses idiomas e uma série de maneirismos.

Ao Tudum, Garner detalhou como foi reproduzir a forma de falar da golpista: "Primeiro, tive que aprender um sotaque alemão. O alemão se parece muito com uma fritura vocal no final de tudo. Então, tive que incorporar o russo. Russo, qualquer coisa que seja um som 'oool' sai muito sutilmente."