Notícias » Família Real Britânica

Antes de morrer, príncipe Philip teria ficado ‘magoado’ com Harry

A polêmica foi divulgada em nova biografia e envolve também o nome de Meghan Markle

Penélope Coelho Publicado em 01/12/2021, às 14h21 - Atualizado às 14h56

Príncipe Philip, Harry e Meghan
Príncipe Philip, Harry e Meghan - Getty Images

Nesta quarta-feira, 1, foram divulgados novos aspectos a respeito do polêmico livro do jornalista e escritor Christopher Andersen, sobre a família real britânica. 

Dessa vez, o alvo foi príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II que morreu aos 99 anos de idade, em abril deste ano. As informações foram publicadas pelo portal de notícias UOL.

Segundo revelado em ‘Brothers and Wives: Inside The Private Lives of William, Kate, Harry and Meghan’ (em tradução livre: Irmãos e esposas: por dentro das vidas privadas de William, Kate, Harry e Meghan), o duque de Edimburgo teria ficado “furioso” quando descobriu que Harry e Meghan deixariam suas funções reais.

As informações foram concedidas ao jornalista através de um assessor que tinha proximidade com Philip.

O funcionário afirma que ao saber dos planos do neto, o príncipe consorte ficou "profundamente magoado e cuspindo sangue", já que o casal decidiu realizar o anúncio sem avisar os membros da monarquia com antecedência.

De acordo com a obra, o marido de Elizabeth II demonstrou sua indignação para a rainha e afirmou que a decisão de Harry e Meghan mostra “uma total falta de respeito".