Notícias » Segunda Guerra Mundial

Antigo campo de concentração de japoneses nos EUA poderá ser considerado parque nacional

O Estudo de Recursos Especiais está fazendo um levantamento sobre a opinião da sociedade sobre a proposta

Nicoli Raveli Publicado em 26/03/2020, às 17h00 - Atualizado às 18h00

Campo de concentração americano para japoneses
Campo de concentração americano para japoneses - Wikimedia Commons

Recentemente, o Serviço Nacional de Parques dos Estados Unidos anunciou a possibilidade da criação de um parque nacional por meio de um campo de cpncentração de japoneses no Colorado, datado da Segunda Guerra Mundial.

Durante mais de 40 anos, ex-detentos e seus descendentes puderam visitar o local do antigo campo de Amache. Agora, o Estudo de Recursos Especiais está coletando opiniões da sociedade sobre o proposto parque nacional.

Campo de concentração Amache, na cidade de Granada, no Colorado / Crédito: Divulgação

 

Com a ajuda das autoridades de Granada, o professor John Hopper e seus alunos cuidam da área abandonada. Da mesma maneira, a fim de guardar os artefatos encontrados no local, seus estudantes criaram um pequeno museu que também recebe visitas.

“Essa coleção de artefatos pode ser a base de um centro interpretativo se o National Park System concordar em entrar no local”, disse Bonnie Clark, professor de arqueologia da Universidade de Denver.

Placa na entrada do campo de Amache / Crédito: Divulgação

 

Para Kylie Dillinger, estudante de arqueologia, um parque nacional traria mais conscientização sobre o internamento japonês durante a Segunda Guerra Mundial. Além disso, de acordo com o serviço do campo de concentração, se Amache atender aos critérios, o Congresso deve votar para tornar o local um parque nacional, o que pode levar três anos ou mais.