Notícias » Brasil

Anvisa recomenda suspensão de temporada de cruzeiros

A indicação da agência ao Ministério da Saúde se deu após navios registraram dezenas de casos de covid-19 no litoral brasileiro

Pamela Malva Publicado em 01/01/2022, às 15h00

Imagem meramente ilustrativa de navio
Imagem meramente ilustrativa de navio - Divulgação/ Pixabay/ susannp4

Com navios barrados no litoral por apresentarem dezenas de casos de coronavírus em suas tripulações, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou, na última sexta-feira, 31, que o Ministério da Saúde suspenda a temporada de cruzeiros.

Segundo a agência, a indicação foi feita depois que o número de casos de Covid-19 em embarcações como nos navios MSC Splendida e Costa Diadema aumentou repentinamente — junto dos registros da variante ômicron em todo o país.

Ainda mais, na última quinta-feira, 30, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças americano atualizou o nível de alerta "COVID-19 Travel Health Notice" de 3 para 4 — o mais alto possível —, diante da aparente alta transmissibilidade da variante ômicron.

Atracados respectivamente no Porto de Santos e em Salvador, então, os navios MSC Splendida e Costa Diadema tiveram suas atividades suspensas ainda na sexta-feira. A recomendação da Anvisa, no entanto, ainda não afeta a operação de outros cruzeiros.

Segundo a própria agência, via G1, as embarcações podem seguir com suas atividades até que o Ministério da Saúde divulgue sua decisão final. É importante pontuar, contudo, que os navios seguem submetidos aos protocolos sanitários em vigência — e sob a supervisão da Anvisa, que pode fazê-los cumprir as regras de proteção.