Notícias » Arqueologia

Ao acaso, dezenas de artefatos antigos e raros são desenterrados na Índia

Pesquisador envolvido afirma que a descoberta aponta para a existência de uma civilização urbana na região muito maior que o imaginado

Isabela Barreiros Publicado em 08/08/2020, às 11h28

Artefatos encontrados em Villupuram
Artefatos encontrados em Villupuram - Divulgação/Government Aringar Anna Arts College in Villupuram

"O terreno estava sendo cavado para a instalação de uma olaria quando o proprietário, Jayabalan, nos informou sobre os materiais que jaziam sob o solo”, informou D. Ramesh, do Government Aringar Anna Arts College em Villupuram.

Ao acaso, os trabalhadores descobriram artefatos muito antigos que remontam à Era Sangam, que ocorreu entre os séculos 6 a.C. até o século 3 d.C. Os itens foram encontrados no distrito indiano de Villupuram de Tamil Nadu.

Foram encontrados inúmeros de jarros de argila, peças feitas de cerâmica vermelha e preta, grandes tijolos e potes de barro. Além disso, os operários também acharam cacos de porcelana coloridas e alguns ossos.

“Os jarros eram particularmente distintos dos textura e tamanho e suspeitamos que teriam sido usados ​​para armazenar vinho ou água, ou apenas como decoração. Presumimos que esses itens sejam da era Sangam, já que fragmentos de cerâmica vermelhos e pretos e grandes tijolos pertencem a esse período”, explicou Ramesh.

Segundo o especialista, a impressionante descoberta indica que o local provavelmente foi uma civilização urbana maior que o que se acreditava anteriormente. Novas escavações serão realizadas na região para a continuação do estudo.