Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Motociata

Ao ser retirada de motociata, mulher xinga Bolsonaro de corrupto

A motociata aconteceu em Juiz de Fora, nesta sexta-feira, 15

Redação Publicado em 15/07/2022, às 19h55

Bolsonaro durante motociata - Divulgação / Youtube / Uol
Bolsonaro durante motociata - Divulgação / Youtube / Uol

Durante uma motociata realizada na manhã de hoje, 15, do presidente Jair Bolsonaro (PL) com apoiadores em Juiz de Fora, uma mulher foi afastada do presidente. Em um vídeo, é possível ver que a manifestante chama o mandatário de “corrupto” enquanto é contida por homens.

A mulher, que pediu para não ter o nome revelado, afirmou, em entrevista ao Uol, que sua manifestação foi pacífica e que ela repudia atos de violência política. Segundo ela, ela não teve dificuldade de chegar perto dele e quando fez isso, o chamou de corrupto.

"Ele me empurrou para tentar se afastar de mim e, em seguida, dois homens me conduziram por alguns metros para fora do local onde a manifestação estava acontecendo. Então, eu caminhei sozinha até a entrada da minha casa. Meu protesto foi contra Jair Bolsonaro, e não em apoio a qualquer outro político”, disse ela.

Atentado com faca                                    

O ato aconteceu enquanto Bolsonaro visitava a cidade em que foi alvo de um atentado a faca, em 2018. Durante a passagem, o presidente conta com segurança reforçada. O Palácio do Planalto não se manifestou sobre a motivação da retirada da mulher da manifestação.

Nesta motociata, todos os adeptos ao ato foram revistados e passaram por detecção de metais, diferente de todas as outras motociatas já realizadas. Os apoiadores de Bolsonaro que o esperavam no aeroporto da cidade também foram submetidos aos mesmos procedimentos.