Ao vivo: robô sumarino explora Pearl Harbor

Exploração de naufrágios de guerra será transmitida pela internet

Redação AH Publicado em 06/12/2016, às 17h39 - Atualizado em 23/10/2017, às 16h35

Minissubmarino Tipo A Ko-hyoteki, como o que começou a guerra, se preparando para ser lançado de um navio maior
Minissubmarino Tipo A Ko-hyoteki, como o que começou a guerra, se preparando para ser lançado de um navio maior - Tom W. Freeman | Valor in the Pacific National Historical Park
Quarta, 7 de dezembro, às 6h30 da manhã, oceanógrafos da NOAA  - National Oceanic and Atmospheric Administration  (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional) enviarão um pequeno submarino robótico para a baía de Pearl Harbor, no Havaí. A missão do robô é explorar dois minissubmarinos japoneses que começaram o ataque, uma hora e meia antes da chegada dos aviões. Celebrando 75 anos do evento que iniciou a Segunda Guerra para os Estados Unidos.

Um dos submarinos japoneses, do Tipo A Ko-hyoteki, disparou torpedos contra o destróier USS Ward, sem conseguir afundá-lo. Foi destruído no contra-ataque. Isso foi a primeira troca de tiros da Segunda Guerra para os Estados Unidos, e também o primeiro ataque inimigo e o primeiro inimigo abatido. O segundo submarino parece ter afundado sem cumprir sua missão. O mesmo USS Ward seria afundado exatos três anos depois, em 7 de dezembro de 1944, num ataque kamikaze.

O robô vai transmitir imagens ao vivo dos naufrágios. Você pode acompanhar clicando aqui