Notícias » Alemanha Nazista

Aos 101 anos, idosa judia revela que foi vizinha de Adolf Hitler

Segundo Alice Stock, ela conseguiu ver o futuro Fuhrer sendo escoltado pela SS, fundando o partido e até tendo um estranho caso com uma sobrinha

André Nogueira Publicado em 14/02/2020, às 08h00 - Atualizado às 08h45

Adolf Hitler
Adolf Hitler - Getty Images

Uma idosa de 101 anos chamada Alice Frank Stock, que alega ter sido vizinha de Adolf Hitler durante os anos 1920 e 1930, quando ele viveria em um bloco de apartamentos em Prinzregentplatz, Munique, relatou sua experiência na época. Alice, que é judia, vive hoje na Inglaterra e declarou ao Daily Mail ter vivido “a apenas portas de distância” do futuro Fuhrer.

Porém, ela disse que nunca em sua vida chegou a conversar com seu famoso vizinho, mas o viu chegando a sua casa, inclusive com a guarda de membros da jovem SS, em diversas ocasiões. "Vivíamos em uma casa – uma casa grande – e havia duas entradas. Uma era o nosso apartamento, o número 14 – a outra seria o número 13 ou 15. Era lá que Hitler morava".

Alice Stock / Crédito: Reprodução/Twitter

 

Alice também chegou a comentar de um pouco elucidado caso da sobrinha de Hitler, Geli Raubal, que teria tido um relacionamento com o austríaco e, em 1931, tirou a própria vida naquele apartamento em Munique. Na época, o Partido Nazista já estava fundamentado, mas ele fora fundado naquele mesmo imóvel.

Bloco de apartamentos em Munique / Crédito: Alice Stock

 

"Ouvimos muitos [rumores], do cozinheiro e outros. Vimos um caixão sendo levado para fora da entrada. Acho que uma sobrinha de Hitler estava vivendo lá e depois morreu. Havia especulações de como e quando ela morreu. Acho que era verdade que o caixão foi levado para fora e que nele estava uma mulher. Mas nunca houve confirmação – e não se podia falar abertamente", ela revelou.