Notícias » Estados Unidos

Aos 101 anos, morre Katherine Johnson, matemática responsável por ajudar na missão Apollo 11

Sua trajetória serviu de inspiração para o filme indicado ao Oscar em 2016, Estrelas Além do Tempo

Daniela Bazi Publicado em 24/02/2020, às 17h00

Katherine Johnson, matemática da NASA
Katherine Johnson, matemática da NASA - Wikimedia Commons

A agência espacial americana confirmou nessa segunda-feira, dia 24, a morte de Katherine Johnson, aos 101 anos de idade. Matemática da NASA, ela foi responsável por ajudar na missão Apollo 11, em 1969, que levou pela primeira vez o homem à Lua.

Segundo uma publicação do administrador da NASA, Jim Bridenstine, em sua conta pessoal no Twitter, “Nossa família Nasa está triste ao saber da notícia de que Katherine Johnson faleceu esta manhã aos 101 anos. Ela foi uma heroína da América e seu legado pioneiro nunca será esquecido”.

Katherine Johnson recebendo a Medalha Presidencial da Liberdade de Barack Obama / Crédito: Wikimedia Commons

 

Johnson, junto de uma outra colega, em 1961, se tornaram as primeiras a calcular o voo de Alan Shepard, o primeiro astronauta americano a ir ao espaço. Em 2015, recebeu a maior honraria civil americana, a Medalha Presidencial da Liberdade, das mãos do ex-presidente Barack Obama

Sua trajetória durante a corrida espacial e a missão Apollo 11 é retratada no filme indicado ao Oscar Estrelas Além do Tempo, de 2016. Dirigido por Theodore Melfi, o longa é inspirado no livro Hidden Figures, de Margot Lee Shetterly, e conta a história de Katherine e sua equipe de mulheres negras na NASA.