Notícias » Personagem

Aos 65 anos, morre Eddie Van Halen, fundador da icônica banda

Responsável por alguns dos solos mais icônicos da história do rock, Eddie teve sua morte divulgada pelo filho

Redação Publicado em 06/10/2020, às 21h13

Eddie Van Halen em evento
Eddie Van Halen em evento - Getty Images

Uma triste notícia abalou os fãs da banda Van Halen. Aos 65 anos, o guitarrista e fundador, Eddie Van Halen, faleceu nesta terça-feira, 6, após uma árdua luta contra um câncer na garganta.

Conforme noticiado pelo TMZ, o astro estava internado em Santa Monica, EUA. Os momentos finais foram presenciados por sua mulher, Janie, o filho, Wolfgand e Alex, que era irmão do guitarrista e atuava como baterista da banda.

De acordo com o veículo, o guitarrista encarava um estado crítico de saúde nas últimas 72 horas. Foi nesse período que médicos descobriram que o câncer que atingia a garganta tomou o cérebro do artista.

"Não acredito que tenho de escrever isso, mas meu pai, Edward Lodewijk Van Halen, perdeu sua longa e árdua batalha contra o câncer esta manhã. Ele era o melhor pai que eu poderia ter pedido", desabafou Wolfgang em um comunicado nas redes sociais. "Cada momento que compartilhei com ele no palco e fora dele foi um presente. Meu coração está partido e eu acho que jamais me recuperarei totalmente dessa perda. Eu te amo muito, pai."

Não foi a primeira vez que Eddie encarou os efeitos devastadores do câncer. No ano de 2003, ele afirmou ter lutado contra um câncer de língua, que havia sido descoberto em 2001. Todavia, passou a realizar o tratamento contra o câncer na garganta em 2014.

Eterno na História do Rock

Considerado um dos guitarristas mais icônicos da história da música, Eddie fundou a banda em 1972, ao lado de seu irmão. Nascido na Holanda, passou a viver com a família nos EUA. Trilhou o caminho para o sucesso: o artista é responsável por solos icônicos como Eruption, Panama, Im the one, Ice cream men e Jump.