Notícias » Brasil

Após 10 dias sumido, gato é resgatado por bombeiros em coqueiro de oito metros

“Ele estava bastante debilitado porque ficou muitos dias sem tomar água e sem comer”, relatou o cabo Joseph Gonçalves, responsável pelo regate do felino

Fabio Previdelli Publicado em 19/12/2020, às 08h55

Bombeiro resgatando o gato que ficou preso em um coqueiro
Bombeiro resgatando o gato que ficou preso em um coqueiro - Divulgação/ Corpo de Bombeiros

Durante 10 dias, uma situação desesperadora tomou conta de uma tutora de animais em Janaúba, no norte de Minas Gerais: seu gato havia sumido. Foi então que ela percebeu que o felino estava preso em cima de um coqueiro de oito metros de altura.  

Com isso, o corpo de bombeiros foi acionado para o regate do gatinho. “Ele estava bastante debilitado porque ficou muitos dias sem tomar água e sem comer. Acreditamos que o gato subiu no coqueiro porque foi acuado por cachorros e não conseguiu descer”, disse o cabo Joseph Gonçalves em entrevista ao G1

Momento em que o gato foi resgatado / Crédito: Divulgação / Corpo de Bombeiros

 

O coqueiro em questão fica no quintal de um vizinho da tutora, que acionou o resgate assim que ouviu os miados do animal. Ela acredita que o felino tenha passado todo esse tempo de sumiço em cima da árvore. 

“Nós não conseguimos ver o gato quando chegamos lá e para descobrir se ele estava em cima do coqueiro, fomos chamando pelo nome. Até que escutamos um miado bem fraco e constatamos que o animal estava lá em cima”, explica Gonçalves.  

Para o resgate, a equipe usou uma escada para ter acesso ao topo do coqueiro e resgatar o bichano com segurança. “Era dócil e bem mansinho, o militar o segurou com a mão e desceu a escada. O gatinho já veio direto para a mão dele, tipo pedindo socorro. A dona chorou de felicidade quando entregamos o animal”, disse o bombeiro.