Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Itália

Após 28 anos foragido, mafioso italiano capturado no Brasil chega em Roma

Rocco Morabito levava o título de segundo fugitivo mais procurado da Itália

Redação Publicado em 06/07/2022, às 17h21

Trecho de vídeo mostrando captura de Morabito em 2017 - Divulgação/ Governo do Uruguai
Trecho de vídeo mostrando captura de Morabito em 2017 - Divulgação/ Governo do Uruguai

Procurado pelas autoridades italianas desde 1994,RoccoMorabito, um dos traficantes de drogas mais poderosos do mundo, foi extraditado recentemente do Brasil para seu país de origem, onde era considerado o segundo fugitivo mais procurado. 

O mafioso de 55 anos, que é conhecido pelo apelido de "Rei da Cocaína", e em 2001 havia sido sentenciado a 30 anos de prisão, foi capturado por uma operação policial brasileira em 2021.

Em 2017, vale dizer, ele havia sido detido no Uruguai, porém foi capaz de escapar, de forma que é só agora, após 28 anos foragido, que irá cumprir uma sentença em uma instituição penitenciária de Roma. As informações foram apuradas pelo The Guardian. 

Morabito chefia um grupo de crime organizado chamado de "Ndrangheta", que atua nos mercados mundiais de cocaína e heroína, lucrando bilhões de euros todos os anos. 

Máfia italiana

O fugitivo mais procurado da Itália, por sua vez, é Matteo Messina Denaro, o grande patriarca da máfia Casa Nostra, que já escapa das autoridades desde 1993. A maior parte desta organização criminosa, todavia, acabou sendo despedaçada devido às delações de membros, ainda de acordo com o The Guardian. 

A Ndrangheta, em comparação, cujos integrantes são frequentemente conectados por laços familiares, não teve tantas traições. Ainda hoje, ela possui filiais espalhadas através da Europa, frequentemente escondidas sob a fachada de estabelecimentos legítimos, como hotéis e restaurantes.