Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Após 30 anos, McDonald’s deixará a Rússia definitivamente

Decisão foi anunciada nesta segunda-feira, 16

Fabio Previdelli Publicado em 16/05/2022, às 10h00

Restaurante da cadeia McDonald's em Moscou, Rússia - Getty Images
Restaurante da cadeia McDonald's em Moscou, Rússia - Getty Images

Nesta segunda-feira, 16, a rede de fast food norte-americana McDonald’s anunciou que deixará a Rússia de forma definitiva. O primeiro restaurante no país foi aberto logo após a queda do muro de Berlim, marcando um alívio das tensões ao final da Guerra Fria.

"Estamos comprometidos com nossa comunidade mundial e devemos permanecer inflexíveis em nossos valores", declarou o CEO do grupo, Chris Kempczinski, em um comunicado oficial divulgado à imprensa. 

Respeitar nossos valores significa que não podemos manter o McDonald's na Rússia", prosseguiu. 

Com a decisão, a empresa fechará 850 restaurantes no país, o que culminará com a demissão de cerca de 62 mil funcionários espalhados por todo o território russo.

Segundo o G1, a saída ainda resultará na perda de 9% do faturamento total da empresa e 3% em seu lucro operacional. Isso deve gerar um impacto financeiro entre 1,2 bilhão de dólares e 1,4 bilhão. 

A decisão

Em 8 de março, devido à invasão russa à Ucrânia, o McDonald’s já havia anunciado a suspensão de suas operações no país. Com isso, diversos moradores fizeram enormes filas nos restaurantes para comprar e estocar produtos da rede de fast food. Muitos deles foram revendidos a preços exorbitantes na internet.